Zelotes: Por que mídia e oposição não dão a mínima?

E-mail Imprimir PDF

O que explica o baixo interesse da mídia e da oposição pela Operação Zelotes, que identificou um mega-esquema de corrupção na Receita Federal para favorecer grandes sonegadores? Será pela ausência de políticos e de oportunidade de atingir o PT? Neste esquema só existem funcionários e grandes empresas. Como o Banco Safra, que ofereceu (ou pagou, a PF foi ambígua) uma propina de R$ 28 milhões para deixar de pagar R$ 793 milhões.

 

Receita diz nunca ter averiguado quantos brasileiros têm conta no exterior

E-mail Imprimir PDF

A impressão de quem acompanhou a audiência dos representantes do governo é que eles estavam mais próximos de defender os interesses de brasileiros com contas no exterior do que investigar e apurar eventuais ilícitos cometidos por quem mantém dinheiro em paraísos fiscais.

A Bélgica, que tem 11 milhões de habitantes, já conseguiu repatriar US$ 490 milhões em impostos devidos e multas a cidadãos que mantinham contas no HSBC de Genebra. A Espanha recuperou US$ 298 milhões e a França, US$ 286 milhões.

O secretário-geral da Receita Federal, Jorge Rachid, afirmou nesta 4ª feira (1º.abr.2015) que o órgão não tem estatísticas prontas sobre quantos brasileiros declaram ter contas no exterior.

Indagado durante audiência na CPI do HSBC, no Senado, Rachid respondeu que esse número não havia sido apurado até hoje. Disse que seria necessário fazer uma pesquisa no banco de dados do órgão.

 

Sindifisco volta a mentir para a sociedade

E-mail Imprimir PDF

Sindifisco volta a mentir: Insinua aumento salarial, ressaltando que os vencimentos igualados desestabilizarão a Receita Federal e comprometerão o ajuste .

 

A mídia e o complexo de vira-lata

E-mail Imprimir PDF

A política externa brasileira passa pelo duro crivo da mídia nacional. O envolvimento do país em discussões – sejam na América Latina ou no Oriente Médio – desperta paixões em uma imprensa que parece ter escolhido a dependência como o caminho correto para o desenvolvimento da nação.

 

MP 660/2014: ANFIP esquece da própria história e vai lutar pela rejeição de emendas em Plenário

E-mail Imprimir PDF

Para a Entidade, transferir, numa simples canetada, funções privativas dos auditores a outros servidores da RFB é uma afronta ao ordenamento jurídico e à sociedade.

Não são outros servidores, os Analistas-Tributários são da própria Carreira de Auditoria, e exercem várias atribuições concorrentes aos Auditores-Fiscais.

ANFIP esquece que os fiscais da previdência vieram para a Receita Federal através de uma canetada que afrontou conceitos constitucionais da Carreira de Auditoria. Não exerciam sequer uma atribuição da RFB.

 

MP 660: Dignidade aos servidores da Receita Federal

E-mail Imprimir PDF

Quem esteve presente à seção deliberativa da Comissão Mista que votou o relatório da Medida Provisória (MP) nº 660/14 na tarde dessa terça-feira, dia 31, assistiu a uma intensa mobilização de Auditores-Fiscais da Receita Federal engajados no pretenso propósito de salvar a nação de mais um “trem da alegria”.

Curioso constatar que a esmagadora maioria dos Auditores-Fiscais ali presentes nunca prestou concurso para o cargo de Auditor-Fiscal da Receita. Vimos entre os mais exaltados ex-controladores de Arrecadação Federal, ex-fiscais do IBC, ex-fiscais do IAA, ex-fiscais da SUNAB e muitos ex-fiscais da Previdência, todos cargos transformados, a certa altura, no de Auditor-Fiscal da Receita. Também havia muitos colegas oriundos do concurso de 1991, aquele que, via judicial, permitiu o ingresso de mais de cinco mil pessoas ao cargo de Auditor-Fiscal.

 

Quem ganha com a desconcentração da publicidade oficial é a sociedade

E-mail Imprimir PDF

Dilma e Edinho na posse deste

Alguma coisa é melhor que nada.

É sob essa lógica que se deve analisar a decisão do governo Dilma de desconcentrar as verbas de publicidade oficial.

É menos do que o que deveria ser feito: uma regulamentação que modernize a legislação da mídia e rompa o oligopólio há tanto tempo dominante.

 

Cobertura do escândalo CARF pelos jornalões seria hilária, não fosse trágica

E-mail Imprimir PDF

Nossa mídia continua em seu hercúleo esforço para ignorar a Operação Zelotes, desencadeada semana passada pela Polícia Federal (PF) para apurar na Receita Federal (RF) o que as investigações iniciais indicam ser o escândalo financeiro que manipulou maior volume de dinheiro da história do país e o que mais lesou os cofres públicos.

 

MP 660: Sindifisco é derrotado e promete derrubar as metas da Receita Federal

E-mail Imprimir PDF

MP 660: Parlamentares aprovam burla ao concurso público

Sindifisco: Na tarde de terça-feira (31/3), os parlamentares da Comissão Mista que analisa a MP (Medida Provisória) 660/14, aprovaram (com 16 votos a favor e seis contra) a matéria com a inclusão das emendas 40 e 41, que compartilham atribuições dos Auditores Fiscais com outro cargo da RFB (Receita Federal do Brasil). Na prática, o Congresso Nacional aplainou o caminho rumo a um vergonhoso “trem da alegria”.

 

Relatório da MP 660, que contempla as atribuições dos ATRFB, é aprovado pela Comissão Mista do Congresso Nacional

E-mail Imprimir PDF


Estiveram presentes na votação a presidenta, o vice-presidente e diretores do Sindireceita, além de diversos Analistas-Tributários e membros das delegacias sindicais.

A Medida Provisória nº 660 (MP 660), que contempla propostas de modernização das atribuições do Analista-Tributário, foi votada hoje no plenário 6 do Senado Federal, tendo o relatório aprovado de forma integral pela maioria dos parlamentares. Com a aprovação, a MP segue para apreciação da Câmara dos Deputados e, se aprovada, ainda passará pelo Senado Federal e pela sanção presidencial. A Diretoria Executiva Nacional (DEN) do Sindireceita esteve presente com a presidenta, Sílvia de Alencar, o vice-presidente Geraldo Seixas e os diretores Alcione Policarpo (Estudos Técnicos), Sérgio de Castro (Parlamentar), Breno Rocha (Comunicação), Arnaldo Severo (Aposentados e Pensionistas) e Odair Ambrosio (Formação Sindical e Relações Intersindicais).

A MP 660 permite a cerca de 24 mil servidores dos ex-territórios do Amapá, Roraima e Rondônia a permanência nos quadros de pessoal da União, além de sistematizar as tabelas de salários, vencimentos, soldos e demais vantagens.

 

51 Anos de Uma Má Ideia: Golpe Militar

E-mail Imprimir PDF

Não é só a corrupção que envergonha os brasileiros, pior é 47,6% deles acharem que essa corrupção justifica um novo golpe! Novamente, 51 anos após o golpe militar que condenou o País a mais de 20 anos de atraso na cidadania — conquista de direitos e cumprimento de deveres –, reune-se a má fé com a ignorância para criar um “caldo-de-cultura” para as “vivandeiras dos quarteis”.

 

Sindireceita mostra quem ganha com a aprovação das emendas contempladas no relatório da MP 660/14 e evita falar em blefe do Sindifisco

E-mail Imprimir PDF

Modernização da Administração Tributária e Aduaneira

Ganha a governança pública e ainda mais a sociedade!

Os Analistas-Tributários da Receita Federal do Brasil defendem a modernização da Administração Tributária e Aduaneira, e, neste sentido, faz-se mister a aprovação do relatório da MP 660/2014 que foi apresentado pelo deputado Silas Câmara (PSD-AM), pois contempla matéria relevante que aperfeiçoa as atribuições dos integrantes da Carreira de Auditoria da Receita Federal.

 

Não existe Cargo auxiliar na Carreira de Auditoria da Receita Federal. Sindifisco está mentindo

E-mail Imprimir PDF

Essa merece ser conhecida por todos, através de ampla divulgação:

A Desembargadora Federal, Drª Cecilia Mello, da 11ª Turma do Tribunal Regional Federal da 3ª Região, proferiu decisão na Apelação nº 15988-41.2001.4.03.6100/SP declarando que não existe relação de subordinação entre Auditores-Fiscais da Receita Federal do Brasil e Analistas-Tributários da Receita Federal do Brasil.
 

Receita Federal abre Processo Seletivo Interno para o CARF

E-mail Imprimir PDF

Está aberto Processo Seletivo Interno - PSI - para fins de composição de lista tríplice para a designação de Conselheiro Representante da Fazenda Nacional no Conselho Administrativo de Recursos Fiscais, conforme os termos da Portaria RFB nº 1684, de 16 de setembro de 2014, com alterações posteriores. As vagas estão abertas e registradas no Quadro de vagas (QV) do SA3 (https://sa3.receita.fazenda).

Para participar do processo seletivo os servidores interessados deverão optar por concorrer às vagas disponíveis no QV, no período de 27 de março a 10 de abril de 2015, cabendo-lhes a responsabilidade pela tempestiva atualização das informações constantes do Banco de Talentos (BT), instituído pela Portaria RFB nº 82 de 9, de janeiro de 2009.

 

Sindifisco tenta enganar a quem?: “A corrupção não pode vencer mais essa”

E-mail Imprimir PDF

DEN alerta sobre MP 660: “A corrupção não pode vencer mais essa”

O Sindifisco Nacional alerta a sociedade: “Informações mostram que, dentro do Congresso Nacional, está sendo arquitetada uma operação para desestabilizar a Receita Federal do Brasil”.  A afirmativa consta no anúncio publicado no jornal Correio Braziliense, em sua edição de domingo, dia 22. O Sindicato chama atenção para a MP (Medida Provisória) 660/14, emendas 40 e 41, que dispõem sobre o compartilhamento de atribuições dos Auditores Fiscais com cargo auxiliar.

Gato ruivo, do que usa, disso cuida

 

Receita recebe mais de 6,1 milhões de declarações do Imposto de Renda

E-mail Imprimir PDF

Quase um mês após o início do prazo de entrega do Imposto de Renda Pessoa Física (IRPF), 6.152.563 declarações foram encaminhadas à Receita Federal pelos contribuintes até as17h de hoje (30). O número representa 22,4% do total de 27,5 milhões de declarações que a Receita espera receber até 30 de abril, quando termina o prazo.

 

SINDFAZENDA ganha mais um processo de desvio de função: Servidor administrativo X Analista-Tributário

E-mail Imprimir PDF

A Assessoria Jurídica do Sindicato Nacional dos Servidores Administrativos do Ministério da Fazenda- SINDFAZENDA, informa que obteve mais um êxito em ação individual de desvio de função junto  à Seção Judiciária do Distrito Federal. A União foi condenada ao pagamento da diferença entre o salário do “ servidor administrativo em comparação com o analista tributário”.

 

MP 660/14: Em defesa das atribuições dos Auditores Fiscais, Unafisco e Sindifisco Nacional se reúnem com assessor da Presidência

E-mail Imprimir PDF

 

O primeiro vice-presidente da Unafisco Nacional, Kleber Cabral, e os membros da DEN do Sindifisco Nacional, Cláudio Damasceno (presidente) e Mário Pinho (2º vice-presidente) se reuniram com o assessor especial da Secretaria-Geral da Presidência da República, José Lopez Feijóo, em 24 de março, para discutir sobre a Medida Provisória (MP) 660/14, emendas 40 e 41, que dispõem sobre o compartilhamento de atribuições dos Auditores Fiscais com cargo auxiliar.
 

Câmara aprova reajuste para defensores públicos federais

E-mail Imprimir PDF

Proposta aumenta subsídio do defensor público-geral federal para R$ 33.763 a partir de janeiro de 2016. Reajuste terá impacto nas demais categorias de defensor federal.

O Plenário da Câmara dos Deputados aprovou nesta segunda-feira (30) o Projeto de Lei 7924/14, da Defensoria Pública da União, que aumenta o subsídio do defensor público-geral federal para R$ 33.763,00 a partir de janeiro de 2016. A matéria precisa ser votada ainda pelo Senado.

 

Gato ruivo, do que usa, disso cuida

E-mail Imprimir PDF

 

Por Agnelo Regis


Acredito que estamos vivendo um momento bem oportuno para se questionar o porquê do Sindifisco, representante dos Auditores-Fiscais da Receita Federal, ser tão intransigente em suas enlouquecidas defesas das suas pretensas atribuições/atividades desta Instituição.

 

AO CONTRÁRIO DA LAVA JATO, ZELOTES CORRE SOB SIGILO

E-mail Imprimir PDF

Qual é a diferença entre ações de propinas na Petrobrás e a corrupção de funcionários da Receita Federal para burlar o fisco? O crime é o mesmo, com o objetivo comum de sangrar os cofres públicos. Mas, ao contrário das empreiteiras investigadas no chamado “petróleo”, que foram desde o início reveladas e tiveram seus dirigentes presos, as empresas que subornaram conselheiros do CARF (Conselho Administrativo de Recursos Fiscais) para ter seus impostos reduzidos continuam protegidas pelo manto do sigilo. Elas podem ser quase 50 e incluem grandes bancos e empresas de outros setores, que recorreram contra o pagamento de dívidas tributárias de até três bilhões de reais em cada processo.

Unafisco SP: Receita Federal versus Carf

 

Cenário externo ajuda bolsa a voltar aos 51 mil pontos

E-mail Imprimir PDF

A bolsa de valores brasileira começou a semana em alta, em meio ao ritmo mais favorável nos mercados internacionais e o noticiário corporativo brasileiro. O Ibovespa (índice da Bolsa de Valores, Mercadorias e Futuros de São Paulo) encerrou o dia com valorização de 2,29%, aos 51.243 pontos e com um volume negociado de R$ 5,294 bilhões.

 

DILMA PERDE PARA LULA, MAS SUPERA FHC NA ECONOMIA

E-mail Imprimir PDF

A população brasileira está mais rica durante o governo da presidente Dilma Rousseff do que durante os dois governos do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso. A prova disso está no resultado do PIB per capita de 2014, que mesmo tendo caído 0,7% – o que indica que a população ficou mais pobre – o número ainda é maior do que o registrado no período do governo tucano.

 

Sindireceita DS/Belém repudia veementemente a postura do Sindifisco Nacional

E-mail Imprimir PDF

NOTA DE REPÚDIO

A Delegacia Sindical do Sindireceita em Belém (PA) repudia veementemente a postura da entidade Sindifisco Nacional, que com ataques veiculados em seu sítio e em propagandas de televisão, buscam denegrir a imagem dos Analistas-Tributários da Receita Federal com acusações infundadas e mentirosas, tentando enganar as autoridades e o povo brasileiro.

O corporativismo levado ao extremo produz expressões como “forças poderosas da República encontram-se imiscuídas no caso”, “os Auditores Fiscais vão incendiar a Receita Federal do Brasil” e “os planos de recuperação econômica do país estarão definitivamente comprometidos” e demonstram claramente a arrogância e a impertinência dos representantes dos Auditores Fiscais.

O Analista Tributário da Receita Federal do Brasil, cargo de nível superior, é mão de obra essencial dentro da estrutura da RFB e vem conquistando ao longo do tempo o espaço que lhe é devido por sua competência e efetivo trabalho e não aceitaremos em silêncio a conspurcação de nosso cargo e lutaremos pelo nosso reconhecimento dentro e fora da RFB, independentemente de vontades espúrias de quem quer que seja.

DELEGACIA SINDICAL DE BELÉM

Veja o fato. Assista o vídeo: AQUI

 

O futebol brasileiro tem conta no HSBC na Suíça

E-mail Imprimir PDF

Nomes de empresários brasileiros de futebol apareceram na lista de contas do HSBC na Suíça. Homens conhecidos, que trabalham com jogadores mundialmente famosos e já fizeram negócios com a CBF.

Os nomes que vieram à tona na apuração feita a conta-gotas pelo UOL e O Globo foram dos agentes Eduardo Uram, Reinaldo Pitta e Richard Alda – listados pela Fifa como aptos a gerenciar carreiras de jogadores no Brasil – e dos empresários Renato Tiraboschi e Octavio Koeler, que já foram sócios do ex-presidente da CBF, Ricardo Teixeira.

 

PSDB e "Vemprarua" abraçam o terrorismo econômico

E-mail Imprimir PDF

O movimento 'vemprarua', instrumento de mobilização do PSDB nas redes sociais, assumiu sua nova linha de discurso. Nos protestos marcados para 12 de abril, irá pedir o impeachment da presidente Dilma Rousseff, em razão dos acordos de leniência que estão sendo negociados entre as empresas envolvidas na Lava Jato e a União.

 

Senadores recebem na quarta-feira o secretário da Receita Federal, Jorge Rachid, e o diretor do Coaf, Antonio Gustavo Rodrigues

E-mail Imprimir PDF

Rachid foi convidado a depor após declarações do repórter Fernando Rodrigues, do UOL

A semana que se inicia promete ser movimentada para os integrantes da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) do Senado que investiga o caso das contas secretas abertas por brasileiros no HSBC da Suíça – e que podem ser resultado de um esquema de evasão fiscal e de sonegação de impostos observado em vários países.

Os integrantes da CPI possuem apenas uma audiência marcada, para quarta-feira (1º), que promete ser emblemática. Serão ouvidos o secretário da Receita Federal, Jorge Rachid, e também o diretor do Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf), Antonio Gustavo Rodrigues.

A audiência chama a atenção por conta da última reunião da CPI, quando o jornalista Fernando Rodrigues, do portal UOL, que integra a associação internacional de jornalistas investigativos e foi o responsável pela primeira divulgação do escândalo no país, afirmou que no ano passado procurou estes dois órgãos do governo para pedir apoio nas apurações, mas encontrou “má vontade, falta de interesse ou preguiça” por parte dos técnicos.

 

A partir do dia 1º, empregador terá de pedir seguro-desemprego pela internet

E-mail Imprimir PDF

Para tornar mais rápido o atendimento ao pedido e dar maior segurança às informações sobre os trabalhadores, o Ministério do Trabalho e Emprego determinou que as empresas passem a preencher o requerimento do seguro-desemprego de seus empregados pela internet. A medida começa a valer na próxima quarta-feira (1º), de acordo com resolução do Conselho Deliberativo do Fundo de Amparo ao Trabalhador.

 

O penoso caminho da reconstrução da base política

E-mail Imprimir PDF

São imprevisíveis os desdobramentos da crise política no PT, o maior partido brasileiro.

A primeira virada do PT ocorreu no 5o Encontro do PT em 2002, quando vingou a posição do Campo Majoritário de montar uma aliança de centro-direita com o PMDB para garantir a governabilidade.

Especialista em estabilidade política – depois que perdeu a presidência – o próprio Fernando Collor alertava para a necessidade de um partido-âncora. O PMDB não é um partido, dizia ele. É um estado de espírito, um núcleo de articulação fundamental para a estabilidade do país.  Foi importante para a estabilidade do país, para o segundo mandato de Fernando Henrique Cardoso e para a eleição de Lula em 2002, “e foi fundamental para minha eleição e meu impeachment”, dizia ele.

 

Juíza questiona Gilmar: O cidadão ou o poder econômico?

E-mail Imprimir PDF

"O Tribunal não  pode ficar ao talante de um de seus membros. A magnitude do tema está a exigir que o próprio STF sensibilize o ministro que está  com o pedido de vista para importância da finalização do julgamento e indispensabilidade da decisão coletiva", diz a juíza Kenarik Boujikian, magistrada no Tribunal de Justiça de São Paulo e cofundadora da Associação Juizes para a Democracia, que cobra de Gilmar Mendes a finalização do processo sobre doações empresariais de campanha.

 

Ajuste até agora é no lombo do trabalhador

E-mail Imprimir PDF

Que tal pegar o rico antes de ir para o HSBC ?

 

A bizarra situação do ministro Levy na Operação Zelotes

E-mail Imprimir PDF

Egresso de um contumaz sonegador

Todo mundo sempre soube disso – exceto, aparentemente, a Receita Federal

Por que os bancos ganham tanto dinheiro?

Dias atrás, este foi um título de uma reportagem da BBC Brasil. Tinham acabado de sair balanços bilionários de bancos brasileiros relativos a uma temporada particularmente dura na economia nacional, 2015.

Bem, como deixa claro a Operação Zelotes (OZ), um dos motivos – aliás não citado pela BBC – é que os bancos sonegam muito.

Todo mundo sempre soube disso – exceto, aparentemente, a Receita Federal.

 

As empresas que estão na lista da Operação Zelotes

E-mail Imprimir PDF

Bancos e grandes empresas pagavam propina para anular dívidas na Receita

VALORES EM MILHÕES DE REAIS

http://www.diariodocentrodomundo.com.br/

 

Pagamento de compras por meio de smartphones chega ao Brasil

E-mail Imprimir PDF

Depois de desbancar o cheque na preferência dos consumidores, o cartão de plástico começa a ser ameaçado. Chegou ao Brasil a tecnologia que permite o pagamento de compras em lojas físicas por meio de smartphones.

Em vez de inserir ou passar o cartão na máquina, o cliente aproxima o celular de um leitor com a tecnologia Near Field Communication (NFC). Inicialmente disponível apenas para telefones com o sistema Android, a novidade foi lançada nesta semana pelo Banco do Brasil e vale tanto para operações de crédito quanto de débito.

 

Dilma retoma iniciativa e, enfim, sai das cordas

E-mail Imprimir PDF

Em artigo, Leopoldo Vieira revela como a presidente Dilma Rousseff conseguiu sair do córner, na última semana; com Renato Janine, reaproximou o governo de intelectuais; com Edinho Silva, incorporou uma visão política à comunicação; com Michel Temer e Eliseu Padilha no núcleo político, além de Henrique Alves no Turismo, criou as condições para reconciliar-se com o PMDB; o encontro com os governadores do Nordeste também indicou a existência de uma ampla frente em torno do diálogo e da legalidade; por fim, como explicitou Miguel Rossetto, a reforma política, que prevê o fim do financiamento empresarial de campanha, segue em pauta, como peça essencial no combate à corrupção; leia a íntegra.

 

PROPAGANDA POLÍTICA DO PCDOB DESTACA DEFESA DO MANDATO DE DILMA

E-mail Imprimir PDF

Como ocorre há três décadas, o Partido Comunista do Brasil dirigiu-se nesta quinta-feira (26) ao povo brasileiro em rede nacional de rádio e televisão. A propaganda partidária é uma conquista democrática que está ameaçada de sofrer graves limitações, caso se concretizem os planos de “reforma política” restritiva que estão sendo urdidos na Câmara dos Deputados e no Senado Federal sob a orientação de Eduardo Cunha e Renan Calheiros.

 

Brasil é sócio de banco chinês que peita os EUA

E-mail Imprimir PDF

BRASIL SERÁ MEMBRO-FUNDADOR DO BANCO ASIÁTICO DE INVESTIMENTO EM INFRAESTRUTURA


O governo brasileiro aceitou o convite da República Popular da China para participar como membro-fundador do Asian Infrastructure Investiment Bank (AIIB).

A presidenta Dilma Rousseff anunciou, nesta sexta-feira, 27, que o Brasil tem todo o interesse de participar desta iniciativa, que tem como objetivo garantir financiamento para projetos de infraestrutura na região da Ásia.

China vai ajudar o Brasil a sair da crise

 

Os investigadores suspeitam que a RBS pagou R$ 15 milhões para fazer um débito fiscal de R$ 150 milhões “desaparecer”

E-mail Imprimir PDF

Operação Zelotes se aproxima da Globo - esquema que causava o sumiço de débitos tributários

O imenso poder da Globo ancora-se na brecha que o monopólio encontrou para se expandir país a fora, através de suas “afiliadas”, controladas pelas oligarquias que assumiram o poder nos estados após o fim do regime militar: o coronelismo midiático.

 

Medida Provisória estende política de valorização do salário mínimo até 2019

E-mail Imprimir PDF

MP foi enviada ao Congresso esta semana pela presidenta Dilma Rousseff, após diálogo com senadores e deputados da base aliada.

O envio de uma Medida Provisória (MP) ao Congresso Nacional para estender a política de reajuste do salário até 2019 foi resultado do diálogo com senadores e deputados da base aliada. Ao assinar a medida no dia 24, a presidenta Dilma Rousseff destacou que a decisão do governo “significa o reconhecimento de que as ações de crescimento da economia não se dão em detrimento do trabalhador”.

 

Investigação da PF em conselho da Receita mostra que empresas conseguiam eliminar dívidas

E-mail Imprimir PDF

Representantes da Polícia Federal e da Receita apresentam resultados da investigação, na quinta-feira - Agência O Globo

Operação Zelotes: em fraude, pedido de vista ‘custava’ R$ 50 mil

BRASÍLIA - A Polícia Federal e o Ministério Público Federal descobriram indícios de que um simples pedido de vista de um processo de empresa ou banco no Conselho Administrativo de Recursos Fiscais (Carf), do Ministério da Fazenda, poderia ser vendido por R$ 50 mil. Os sinais da negociata foram descobertos nas investigações da chamada Operação Zelotes, que apura fraudes nos processos do Conselho. Por meio do suborno de conselheiros, empresas e bancos conseguiram redução ou até mesmo eliminação de dívidas relacionadas à sonegação de impostos.

 

Novo nome da Secom indica uma Dilma mais disposta à polêmica política?

E-mail Imprimir PDF

Quando a gente erra – e todo mundo erra – deve reconhecer isso.

E este blog errou quando, outro dia, afirmou que a tendência da Secretaria de Comunicação da Presidência da República seria a de esvaziar-se e ficar limitada à administração  técnica de verbas publicitárias do Governo.

A escolha de Edinho Silva, um político habilidoso e da inteira confiança pessoal de Dilma para o cargo pode marcar uma inflexão positiva no atual “encolhimento” de Dilma Rousseff em matéria de contato com a sociedade, porque Silva, pela sua trajetória, sabe que a política é, essencialmente, essa ligação e que os veículos de comunicação e os jornalistas somos meios, não fim.

EDINHO É A PONTE ENTRE O PRESENTE E O FUTURO DO PT

 

Safra, Gerdau e Otacílio Cartaxo, ex-secretário da Receita, caem na Zelotes

E-mail Imprimir PDF

Polícia Federal investiga envolvimento do Banco Safra, de Joseph Safra, de uma empresa de Jorge Gerdau e do ex-secretário da Receita Otacílio Cartaxo em esquema de fraude contra a Receita Federal estimada em R$ 19 bilhões; também foi citado no caso Francisco Maurício Rebelo de Albuquerque Silva, pai do deputado Eduardo da Fonte (PP-PE), líder do PP, também investigado pela Lava-Jato; Ministério Público Federal e a Corregedoria do Ministério da Fazenda cumpriram 41 mandatos de busca e apreensão nesta quinta-feira.

PF cumpre mandado contra auditor da Receita em Juazeiro do Norte

 

Sindireceita apoiará solenidade de posse de conselheiros e comitê do FUNPRESP

E-mail Imprimir PDF

A presidenta do Sindireceita, Sílvia de Alencar, participou, na tarde desta quinta-feira, dia 26, de reunião com representantes da Fundação de Previdência Complementar do Servidor Público Federal (FUNPRESP). O encontro ocorreu na sede da fundação, no edifício Corporate Financial Center, em Brasília, e teve como intuito organizar detalhes da solenidade de posse dos membros eleitos dos Conselhos Deliberativos e Fiscal, bem como dos Comitês de Assessoramento Técnico do Executivo Previdenciário e do Legislativo Previdenciário do FUNPRESP.

 

EX-TESOUREIRO DE SERRA E FHC É CITADO NAS CONTAS SECRETAS DO HSBC NA SUÍÇA

E-mail Imprimir PDF

Entre os nomes de políticos citados nas contas secretas do HSBC na Suíça consta o do empresário Márcio Fortes, primeiro vice-presidente do PSDB-RJ; ex-tesoureiro de FHC e José Serra, ele nunca declarou ao Tribunal Regional Eleitoral (TRE-RJ) a existência de suas três contas internacionais; em 2000, ele foi a pessoa física que mais doou ao partido; durante a campanha de Serra à Presidência, em 2002, Fortes usou notas frias e o PSDB chegou a ser multado em R$ 7 milhões; o político tucano também foi capa da revista Exame, como o presidente do BNDES que incentivava as privatizações; além dele, também foram citados no caso o ex-prefeito de Niterói Jorge Roberto Silveira (PDT-RJ), o bilionário Lirio Parisotto, suplente de senador pelo PMDB-AM, duas irmãs do deputado federal Paulo Maluf (PP-SP) e os filhos do prefeito de Belo Horizonte, Márcio Lacerda (PSB-MG)

 

Existe uma corrupção que vale mais e outra que vale menos?

E-mail Imprimir PDF

Os dois únicos  apontados até agora nos jornais como envolvidos no esquema de corrupção no Conselho Administrativo de Recursos Fiscais, os de Paulo Roberto Cortez e Edison Pereira Rodrigues, são auditores-fiscais da Receita Federal.

Não dá, por isso, para imaginar que todos os auditores sejam corruptos, não é?

Se é assim com servidores de carreira, concursados, porque deve ser diferente quando se trata de ocupantes de cargo em comissão, como se faz hoje?

Não era grana pouca: dizem estar confirmados R$ 5 bilhões e o valor levantado pode chegar a R$ 19 bilhões.

Dez vezes mais que a Lava-Jato, segundo os números do MP do Paraná.

 

O que é Delação premiada? origem, benefícios e desvantagens

E-mail Imprimir PDF

Instrumento alardeado em função da Operação Lava Jato, a delação premiada que hoje abrange os réus que estão colaborando com a Polícia Federal e o Ministério Público Federal nas investigações sobre esquemas de corrupção na Petrobras foi moldada a partir da junção das lei de combate à lavagem de dinheiro, de proteção a vítimas e testemunhas e do combate ao crime organizado. O entendimento é do desembargador do Tribunal de Justiça de Minas Gerais, Doorgal Andrada.

Em entrevista ao programa Brasil Justiça, da Associação dos Magistrados Brasileiros, na última sexta-feira (20), o desembargador explicou como funciona a colaboração premiada, quais os benefícios para os réus, as desvantagens para o juízo e debateu questões éticas e morais que orbitam em torno do acordo.

 

Sindireceita: Direito de resposta requerido pelo Unafisco Sindical Regional de São Paulo é novamente julgada improcedente

E-mail Imprimir PDF

A Diretoria de Assuntos Jurídicos – DAJ do SINDIRECEITA informa que obteve êxito, perante o Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios – TJDFT, em ação promovida pela entidade representativa dos Auditores-Fiscais, a Unafisco Sindical Regional de São Paulo.

Na decisão do julgamento que ocorreu no dia 11/03/2015, publicada no dia 18/03/2015, os Desembargadores sustentaram a inviabilidade da concessão do direito de resposta, em virtude de não ter ocorrido erro, inverdade ou abuso no texto publicado.

 
Mais Artigos...
<< Início < Anterior 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 Próximo > Fim >>

Pagina 1 de 15

DESATE O NÓ...

 

OPINIÃO

A RECEITA FEDERAL É O INSTRUMENTO DE SUSTENTAÇÃO DO ESTADO